plano de marketing digital

Um bom plano de Marketing Digital começa com essas estratégias

RESUMO DA NOTÍCIA – Um bom plano de Marketing Digital começa com essas estratégias:

– Introdução ao Marketing Digital

– Inbound Marketing e Marketing de conteúdo

– SEO

– Links patrocinados – Google ADS

– Mídia em Redes Sociais

– E-mail Marketing – Fluxos de nutrição por etapa de funil de vendas

– Conclusão: como colocar em prática e colher os melhores resultados

 

Introdução ao Marketing Digital – plano de Marketing Digital

O nosso Mundo está cada vez mais digital.

Para as mais diversas atividades nós dependemos do mundo digital mais do que nunca.

A internet chegou para facilitar as questões do nosso dia a dia, e veio para ficar.

Por exemplo, quando queremos um produto em específico, é através do digital que conseguimos as informações necessárias para filtrar as melhores opções e receber as melhores referências – tanto a nível de qualidade e preço, como a nível de reputação da empresa.

É muito mais fácil do que ficar ligando de loja em loja perguntando sobre o que precisa.

O mundo digital – através das mídias, dos websites e dos buscadores, nos proporcionam praticidade, qualidade de informação e economia de tempo.

É uma tendência que só cresce: a maior parte dos consumidores hoje em dia estão no mundo digital, portanto, é essencial que sua empresa esteja apta para elaborar estratégias que possam atrair esses consumidores, que estão muito mais concentrados no mundo digital, mas ao mesmo tempo, estão mais exigentes.

O Marketing Digital é necessário para os diversos tipos de negócios, porque através dele podem ser elaboradas estratégias compatíveis com o que o perfil de consumidor de uma empresa específica espera em termos de necessidade de compra.

Mais do que isso: é preciso entregar valor ao consumidor, indo além de uma simples aquisição.

A experiência do consumidor com a marca deve ser algo muito visado nas estratégias de Marketing Digital, pois só aquelas empresas que sabem como transmitir seu valor para seus possíveis clientes consegue obter resultados mais rápidos.

As estratégias de marketing digital kiwi casino online podem ser aplicadas por qualquer tipo de empreendedor, e nos mais diversos tipos de empreendimento.

Os resultados nem sempre aparecem de forma tão rápida, mas se realizados de forma correta, o retorno sobre o investimento costuma ser muito satisfatório, e bem maior se comparado a outras estratégias de marketing tradicional.

As técnicas de Marketing Digital são inúmeras. Vamos falar a seguir das técnicas consideradas mais poderosas, e das particularidades de cada uma delas:

 

Plano de Marketing Digital com Inbound Marketing e Marketing de Conteúdo 

O Inbound Marketing contempla todas as principais estratégias de marketing digital.

É uma estratégia na qual por resultado os clientes acabam procurando a empresa, e não o contrário, como costumeiramente acontece no Outbound Marketing – o Marketing tradicional.

O Inbound Marketing se baseia na criação e compartilhamento de conteúdo voltado para um público-alvo específico para conquistar a permissão de comunicar com seu potencial cliente de maneira direta, favorecendo um relacionamento mais duradouro.

Ou seja: ao invés de interromper os clientes em potencial, a ideia é atraí-lo por meio de conteúdo relevante, que faz com que as pessoas sejam impactadas por este conteúdo, e assim tendam a se sentir mais confiantes em relação aos serviços da empresa, aumentando as chances da empresa construir um relacionamento mais próximo.

Por conta disso, o Inbound Marketing é considerado o Marketing de atração.

Como exemplo, podemos citar um blog que contém diversos conteúdos de qualidade.

Caso o visitante queira receber os próximos em seu e-mail, basta se cadastrar no site daquela empresa.

Assim, estabelece-se o início de uma relação que pode se converter em vendas futuramente.

O Marketing de Conteúdo está totalmente relacionado com a estratégia de Inbound Marketing.

É através do Marketing de Conteúdo que será desenvolvido conteúdo relevante e valioso, atraindo, envolvendo e conferindo valor para as pessoas de maneira a proporcionar melhores resultados para a empresa em um médio e longo prazo.

Tudo isso confere melhores experiências do consumidor ou potencial consumidor com a marca.

Com o Marketing de Conteúdo, esse tipo de conteúdo de interesse do público-alvo é desenvolvido estrategicamente com intuito de aumentar a rede de clientes da empresa, impactá-los mais significativamente e gerar valor para as mesmas, criando uma melhor reputação e credibilidade para o negócio, e assim, favorecendo resultados mais expressivos.

O Marketing de Conteúdo / inbound marketing, entre outras coisas: aumenta o tráfego do site, aumenta o engajamento com a marca, educa o mercado, impulsiona a geração de leads e de vendas e reduz o custo de aquisição de clientes.

Mas é importante ressaltar que antes de colher os resultados, você precisará desenvolver uma estratégia bem definida e alinhada com a sua “persona / avatar”.

 

Plano de Marketing Digital com SEO

O SEO – Search Engine Optimization – é uma das melhores estratégias de marketing digital.

O SEO são um conjunto de técnicas de otimização para sites, blogs e páginas na web.

Essas otimizações visam alcançar bons posicionamentos orgânicos em buscadores como o Google, gerando tráfego e autoridade para um site ou blog.

Ao otimizar seu site ou página, você vai proporcionar melhores experiências de navegação aos usuários, e assim os algoritmos do Google reconhecerão a qualidade e relevância desse site ou página para seus usuários, aumentando e muito a chance do Google  posicionar esse site ou página em posições mais privilegiadas para determinados termos de pesquisa (ou palavras-chave).

As técnicas de SEO incluem uma série de adequações pelo seu site ou página, como a quantidade de palavras-chave no conteúdo, quantidade de imagem, descrição de conteúdos, design responsivo (isto é, adaptável para tablets, smartphones e desktops), velocidade de carregamento da página, etc.

Esses elementos devem ser trabalhados em conjunto para proporcionar SEO de qualidade, fazendo com que sua empresa possa estar ranqueada em melhores posições no Google e outros buscadores.

Isso gera aumento de visibilidade, e assim, o maior tráfego (orgânico nesse caso) para o seu site, conferindo maior atração de novos potenciais clientes.

E claro, o conteúdo desenvolvido deve ser original, relevante e de qualidade, fazendo assim com que esse mecanismo de ranqueamento seja possível.

Estruturar seu site ou página para os critérios de SEO oferece geração de valor para os usuários, e melhora também a reputação e confiança no seu negócio (como já falamos na estratégia de Marketing de Conteúdo).

 

Plano de Marketing Digital com Links patrocinados – Google ADS

Os links patrocinados são anúncios que podem ser em forma de texto simples ou imagens na rede de display – parceiros Google.

A forma mais conhecida em que eles se encontram é nos mecanismos de busca.

Alguns sites aparecem com destaque no topo dos resultados com uma identificação de que são anúncios – estes são links patrocinados.

Nos últimos anos surgiram também os anúncios nas redes sociais, como o Facebook e o Instagram ADS, que vêm ganhando cada vez mais força – nelas eles exibem os seus produtos e serviços.

O Google Ads é a maior ferramenta de links patrocinados da internet atualmente.

A cobrança pelos anúncios é feita de acordo com os cliques (CPC – custo por clique, CPA – custo por aquisição, COM – custo por mil visualizações, entre outros).

Através dele, anúncios são exibidos em forma de links patrocinados quando alguém realiza uma busca através de palavras-chave.

Os anúncios exibidos nos resultados de pesquisas são relacionados às palavras-chave utilizadas nessa busca e os seus anúncios.

Por meio desses anúncios, ou links patrocinados, um site fica muito mais em evidência, e a possibilidade de atração e conversão de potenciais clientes torna-se mais elevada.

Além disso, o retorno costuma ser rápido, e fortalece a marca (pois as pessoas percebem que a empresa tem um bom plano de divulgação e a respeitam mais).

Mas claro, é necessário investimento, que nem sempre pode valer a pena.

É preciso considerar os custos envolvidos, os canais envolvidos e o tempo de retorno e a sua lucratividade – ROI.

A parte ruim de tudo isso é que se você esgotar a sua verba destinada a campanha terá que colocar mais para continuar aparecendo nos resultados de pesquisa dos usuários.

 

Mídia em Redes Sociais

Utilizar mídias Sociais já deixou de ser novidade.

Atualmente, a grande maioria das pessoas têm pelo menos uma.

Elas são utilizadas para postar fotos, conversar, compartilhar postagens, falar sobre questões atuais e sobre a vida, entre muitas outras utilidades.

Uma enormidade de pessoas está nas redes sociais, ainda mais no Brasil, onde grande parte da população passa muitas horas do dia.

Então por que não desenvolver estratégias do seu negócio para cada mídia?

Muitas empresas tem se beneficiado disso, através da atração e prospecção de diversas pessoas.

As redes sociais permitem também um contato mais íntimo com cada cliente.

Isto é, não há necessidade de tanta formalidade como no ponto de vendas, por exemplo.

Há espaço e contexto para uma relação um pouco mais descontraída, porque as pessoas que estão naquela rede social já tendem a agir dessa maneira naquele ambiente descontraído.

Por isso, muitas empresas optam por tentar manter seus clientes ou potenciais clientes à vontade, elaborando estratégias de comunicação mais despojadas.

Mas claro, vai depender muito do ramo de atuação e da proposta de cada empresa, e é preciso considerar isso.

Contudo, antes de sua empresa fazer uma conta em uma rede social, é necessário pensar no objetivo que sua empresa possui ao migrar para ela, e principalmente no perfil do consumidor, e assim, se de fato ele poderá marcar presença notável naquela rede social.

É preciso considerar o tempo, os custos e os esforços que são consumidos, mas principalmente, que cada rede social possui sua particularidade, e assim, isso deve ser relacionado ao perfil de consumidor do negócio, e avaliado para cada rede social.

Uma das principais estratégias de marketing digital para redes sociais são os anúncios pagos – importantes para catapultar as ações de comunicação nessas plataformas e, assim, escalar os resultados.

Além disso, a mídia paga nesses canais propicia a melhora no desempenho orgânico das suas publicações.

A clareza na definição dos objetivos da campanha é determinante para o sucesso ou fracasso da sua estratégia.

Outra importante questão estratégica é respeitar as particularidades de cada rede social.

Entre as principais mídias pagas para redes sociais estão:

  • Facebook ADS
  • Instagram ADS
  • Linkedin ADS
  • Youtube ADS

 

E-mail Marketing – Fluxos de nutrição por etapa de funil de vendas

Muita gente ainda tem a ideia de que o e-mail é algo ultrapassado. Além disso, devido à má usabilidade – como disparos excessivos e alto número de SPAMs, o e-mail acabou sendo malvisto.

Portanto, muitas pessoas acabam por ter “um pé atrás” quando o assunto é e-mail MKT.

Contudo, o e-mail ainda é uma ferramenta muito utilizada, e possui enorme potencial e sempre utilizamos em nosso plano de marketing digital aqui na agência.

Não por acaso, o e-mail marketing é considerado uma das melhores estratégias de marketing digital quando os disparos são bem segmentados – para pessoas que realmente possuem um mínimo de interesse.

Através do email marketing, é possível estabelecer uma relação mais próxima com os clientes e potenciais clientes (leads).

No começo, sua empresa pode encontrar dificuldades em enviar e-mails em grande escala ou gerenciar uma extensa lista de contatos.

Existem diversos softwares de Email Marketing que estão aí para sanar essa dor – ação chamada de automação de email marketing. Uma plataforma muito utilizada pelas grandes empresas é o RD Station Marketing.

Com esse software você pode além de enviar e-mails, criar fluxos automatizados de nutrição para a sua base de leads e enviar e-mails segmentados de acordo com o perfil e momento de cada usuário da sua base.

Ela possui um sistema de lead score para identificar pessoas que mais interagem com a sua empresa e estão em um momento mais quente para uma eventual compra da sua empresa.

São inúmeras funcionalidades que vale a pena você conferir e implementar em sua empresa. Faremos um outro artigo dedicado somente a ferramenta para explorar todo o seu potencial.

 

Funil de vendas x email marketing

O funil de vendas é um modelo estratégico utilizado para entender a jornada de compra do cliente do momento em que ele se dá conta de que tem uma necessidade ou dor, até o fechamento da venda.

Durante esse processo, ele passa pelos seguintes estágios:

  • Aprendizado e descoberta (topo de funil): ele se dá conta de que tem um problema ou necessidade que deve ser resolvida;
  • Conscientização (meio de funil): ele vai em busca de informações que o ajudem a definir o seu problema e como resolvê-lo;
  • Consideração (fundo de funil): ele já sabe do que precisa, agora avalia as opções de solução e fornecedores;
  • Decisão: ele está pronto para a compra e já decidiu quem vai fornecer o produto ou serviço.

Entendendo o funcionamento do seu funil de vendas, uma das formas de educar seus leads para que eles formem uma ideia mais completa do que precisam e procurem sua empresa é nutri-los com conteúdos segmentados de acordo com o estágio do funil de vendas em que eles se encontram – o que chamamos de fluxos de nutrição de e-mail.

Com a ajuda dos fluxos de nutrição de e-mail marketing, você enviará conteúdos que vão nutrir os clientes de informação relevante para ajudá-lo primeiramente no entendimento de seu problema, e posteriormente em como resolvê-lo (na possível decisão de compra).

No topo do funil, o lead tem pouco conhecimento sobre o problema que enfrenta.

Então, o ideal é enviar conteúdo que o ajude na clareza de definir que tipo de solução ele precisa;

No meio do funil, é necessário aprofundar os conteúdos que já compartilhou com o lead, direcionando aspectos que o deixem mais confiantes para uma decisão de compra;

No fundo do funil, quando o lead já tiver uma grande noção sobre que tipo de solução precisa, é muito importante oferecer um tipo de conteúdo que o ajude em sua decisão definitiva, como comparativos de preços e de produtos, cases de sucesso, ou mesmo um contato mais direto com alguém da empresa.

Vimos que é fundamental aliar o funil de vendas com o email marketing, trazendo informação relevante e que gere valor para as pessoas.

Contudo, primeiramente, essa base de leads deve estar muito bem segmentada, e o conteúdo deve realmente ser relevante.

Após passar por todo esse processo de nutrição de leads, é necessário avaliar a campanha de disparos ao longo de todo o processo.

Entre as métricas importantes a serem analisadas, estão: quantidade de e-mails disparados, quantidade de pessoas que receberam os e-mails, quantas pessoas abriram o email, quantos usuários clicaram no conteúdo do email.

Através disso, você é capaz de analisar o impacto de sua campanha, inclusive para cada etapa da jornada de compra, e o que poderá melhorar para a próxima campanha e que tipo de conteúdo as pessoas mais se interessaram, proporcionando ajustes mais assertivos.

 

Conclusão: como colocar em prática e colher os melhores resultados no plano marketing digital

Agora que você já tem uma noção das principais estratégias de marketing digital, é possível identificar qual delas está mais adequada com o seu tipo de negócio, ou com os objetivos da sua empresa.

Você deve trabalhar com todas elas, mas visando objetivos diferentes para cada uma, potencializando os resultados em cada canal explorado.

É importante entender que no marketing digital nada é puro “achismo”.

Tudo deve ser bem elaborado, estrategicamente, para que se possa coletar resultados passíveis de avaliação e correção.

Dessa forma, você poderá fazer as correções necessárias, e entender cada vez mais o que é preciso ser desenvolvido para seu consumidor estar mais próximo de seu negócio.

A comunicação é algo muito valorizado pelos consumidores nos dias de hoje.

Você precisa ter em mente qual é o perfil de consumidor do seu negócio para assim estabelecer as melhores formas e canais de comunicação.

Como já abordamos, as redes sociais e o email marketing são ótimos canais para desenvolver estratégias do plano de marketing digital com comunicação efetiva.

As estratégias de marketing digital são muito focadas em divulgação de um negócio.

Isto é: para seu negócio decolar é preciso que as pessoas saibam que ele exista no momento certo.

E como vimos, existem duas maneiras principais: atrair público de forma orgânica, isto é, sem investimento em anúncios (SEO), e através de mídia paga – que pode ser feita em buscadores como o Google ou nas redes sociais.

Para atrair tráfego orgânico, a estratégia principal é o SEO e Marketing de conteúdo, ou seja, sua empresa pode ser melhor posicionada nos buscadores, fazendo o público ir até seu negócio aumentando o tráfego para seu site 24 horas por dia.

Além disso, o Inbound Marketing agrega valor para os usuários na medida em que lhes proporciona conteúdo relevante, melhorando a credibilidade de seu negócio.

Atrair tráfego orgânico é altamente recomendado pelos especialistas em marketing digital, mas o retorno é a médio e longo prazo, e demanda certo trabalho para produzir os conteúdos originais e com muita qualidade para seu público-alvo.

Já através de links patrocinados- anúncios – o investimento existe, mas o retorno é muito mais rápido – praticamente imediato.

Esse tipo de estratégia pode ser colocado em prática em buscadores como o Google (o que acontece mais comumente), e em diversas redes sociais, como Facebook, Instagram, LinkedIn e YouTube.

Tenha em mente que a sua página – site – loja virtual deve estar muito bem otimizada (formulários, botões de call to action, fotos e banners, textos) para aproveitar o tráfego de visitantes e converter em clientes. Se seu website não estiver alinhado, sugiro que atualize-o antes de começar qualquer estratégia.

Conclusão pessoal sobre plano de marketing digital

Portanto, existem formas variadas de desenvolver estratégias de marketing digital e o que não pode acontecer é a sua empresa fazer algo simples e aguardar grandes resultados.

Tenha em mente, primariamente, que você fará um investimento – seja por ter de consumir tempo, esforço, dinheiro ou ambos.

Para desenvolver uma estratégia de marketing digital eficaz, utilize como base como seu negócio é visto e como ele quer de fato ser visto pelo mercado.

Faça pesquisas tanto de cunho externo, tal como: pesquise as tendências do mercado, entenda como seus concorrentes trabalham, se atente para as oportunidades de mercado, conheça mais a fundo as necessidades e o perfil de seus consumidores – quanto as de cunho interno, como: identifique as métricas de seu negócio (como as que seu site pode proporcionar), entenda os limites e o perfil do seu negócio, verifique as necessidades mais urgentes, se atente para os diferenciais e as fraquezas do negócio, e qual reputação ele detém.

Ou seja, é preciso entender de onde seu negócio deve partir, e objetivar com realismo até onde ele quer chegar (curto, médio ou longo prazo).

Tudo isso baseado no contexto atual do mercado e do próprio negócio.

Cada estratégia de marketing digital deve ter uma finalidade, e deverá servir de base para que as sequentes possam ser mais bem-sucedidas, isto é, deve-se planejar, realizar e avaliar estrategicamente as ações do plano de marketing digital, possibilitando caminhos mais assertivos.

Não seja imediatista! Seja realista e bote energia para fazer a sua empresa se destacar no digital.

A Next4 conta com diversos conteúdos de qualidade que falam um pouco mais sobre cada uma dessas estratégias de marketing digital, e também de muitas outras. Temos equipes de programadores, designers, analistas de marketing, customer success, atendimento e média.

Se precisar de ajuda nessa área conte com especialistas com mais de 15 anos de expertise no Marketing Digital.

E aí, gostou da dica? Está preparado para investir no marketing digital e fazer  a sua empresa decolar?

email marketing, estratégia de Marketing digital, funil de vendas, google ads, inbound marketing, marketing de conteúdo, marketing digital, plano de marketing digital, SEO

Comment

Os comentários estão desativados.