1 4 1

Crie seu plano de Marketing Digital com esses passos simples

 

 

RESUMO DA NOTÍCIA – Crie seu plano de Marketing Digital com esses passos simples:

– Faça um levantamento prévio do segmento em que a sua empresa está atuando

– Estabeleça um acordo de SLA

– Conheça sua persona

– Estabeleça ações que devem ser tomadas

– Defina um cronograma e execute o plano de Marketing Digital

– Monitore seu cliente

– Tenha estratégias de comunicação com os clientes

– Tenha um plano de retenção de clientes

– Crie uma rede de parceiros para sua empresa

– Revise constantemente as bases das suas estratégias de Marketing Digital

 

 

Introdução

Obter sucesso nos negócios está diretamente relacionado a explorar o mundo digital.

A internet hoje é a principal forma de estabelecer comunicação empresarial e alcance de público-alvo.

As estratégias digitais possuem ações muito mais assertivas, com melhor custo-benefício, e muito mais simples de serem realizadas que ações de comunicação e marketing tradicionais.

Mas para executar as estratégicas digitais com eficiência é preciso entender o consumidor do seu negócio (persona), para só assim direcionar suas ações.

Isto é, tudo o que será desenvolvido em termos de ação estratégica deve ser elaborado de acordo com o que o consumidor do seu negócio deseja ou precisa para suprir uma necessidade específica.

O marketing digital é o conjunto de atividades desenvolvidas no mundo digital com objetivo de atrair novas oportunidades de negócio, além de buscar estabelecer uma identidade de marca.

O planejamento é parte fundamental do processo, pois guiará as ações estratégicas do negócio.

Um plano de marketing digital bem elaborado pode ser a diferença entre o sucesso e o fracasso de um negócio.

É preciso explorar o que a internet tem de melhor em termos de alcance do público, fomentando ações de comunicação condizentes com o perfil de consumidor do seu negócio.

Ou seja: um plano de marketing digital requer estudo, e deve ser desenvolvido com base tanto no perfil de consumidor do seu negócio quanto pelo seu próprio segmento de atuação e objetivos do seu negócio, através de processos bem estruturados, que requerem monitoramento e avaliação constante.

Vamos ver mais sobre como criar um plano de marketing digital para a sua empresa a seguir.

 

Faça um levantamento prévio do segmento em que a sua empresa está atuando

Antes de qualquer coisa em um plano de marketing digital, sua empresa precisa estudar o segmento no qual ela está inserida, para que seja possível conhecer os fatores – internos e externos – que podem impactar seu futuro no mercado.

É preciso analisar como sua empresa está inserida no mercado. Isso facilita com que se possa ter uma noção mais clara e realista de onde sua empresa está e onde ela quer chegar, e quais fatores podem atrapalhar esse percurso, bem como os que podem ajudar.

Esse processo permite também estabelecer com maior exatidão as metas do negócio – curto, médio e longo prazo.

Dessa forma, é possível direcionar os funcionários para qual resultado você precisa que cada um alcance de acordo com cada meta pré-estabelecida, tornando o planejamento estratégico de marketing digital muito mais assertivo.

Esse estudo deve se basear nos fatores internos – por exemplo, o ambiente interno da empresa, com aspectos específicos, como a capacidade de investimento pelo seu negócio, além de fornecedores, concorrentes e clientes; e externos – fatores difíceis de serem controlados, que costumam funcionar de acordo com o país ou cidade em que a empresa se encontra, como âmbitos econômico, político, cultural, demográfico, etc.

Dessa forma, tem-se uma visão privilegiada de tudo que pode influenciar no seu negócio direta ou indiretamente, favorecendo a elaboração de objetivos mais realistas, e consequentemente de ações coerentes com o que precisa ser desenvolvido.

 

Estabeleça um acordo de SLA

Um SLA – Service Level Agreement ou Acordo de Nível de Serviço – é um nível de serviço que determina os compromissos de um setor com o outro.

Nessa etapa, é preciso fazer com que as equipes de marketing e vendas possam alinhar suas tarefas, estabelecendo os objetivos de cada um, o que deve ser feito, e como elas podem se ajudar para atingir as metas – sendo possível identificar claramente os números e as projeções realistas, os esforços necessários, e o tempo necessário para que cada meta possa ser atingida.

Dessa forma, a equipe de marketing consegue estimar a quantidade de potenciais clientes necessários para entregar aos vendedores (dentro de uma margem realista de fechamento de vendas necessária), para que assim o trabalho dos vendedores possa ser melhor direcionado em termos de resultados necessários.

 

 

Conheça sua persona

Uma persona é a representação do cliente ideal do seu negócio, de forma fictícia.

A persona nada mais é que um personagem criado para destacar os hábitos, preferências de compra, estilos e gostos, e dados como idade, gênero, classe social, para assim identificar claramente o que a maioria dos consumidores do seu negócio buscam em termos de necessidade no seu segmento de atuação.

A persona reúne as tendências mais comuns sobre esses aspectos a partir de pesquisas entre os clientes atuais do seu negócio.

Dessa forma, possibilita-se fomentar todas essas características mais comuns na forma de uma só pessoa – a persona.

Vale lembrar que você poderá criar mais de uma persona para o seu negócio, mas é interessante que seja um número escasso para que se tenha mais foco.

Com a sua persona identificada, fica muito mais fácil alinhar os objetivos do seu negócio e da sua equipe com o que deve ser elaborado e comunicado, baseado nas preferências dos consumidores – exposta pela persona.

Ou seja: as ações envolvendo toda a estrutura da sua empresa fica muito mais coerente com aquilo que o consumidor necessita, tornando as ações mais direcionadas, e por consequência, mais assertivas.

Exemplo de persona: Raul tem 35 anos, é casado e tem 1 filho.

Ele trabalha em um escritório de advocacia, e recebe cerca de 5 salários mínimos por mês.

Ele faz atividade física todos os dias, correndo nas redondezas do bairro e com atividades de musculação na academia do prédio.

Mas para dar conta do filho, do trabalho e das atividades físicas, ele não abre mão de seus suplementos, que proporcionam a energia de que ele precisa.

Ele gosta de animais, consome conteúdo em podcasts específicos de advocacia, adora viajar aos finais de semana e assistir filmes em cinemas.

Raul é adapto a tecnologia e adora ter conhecimento das novidades do mercado através de publicações e sites na internet.

 

Estabeleça ações que devem ser tomadas

Com o estabelecimento dos fatores que podem influenciar seu negócio, da visão mais clara das necessidades dos seus consumidores, e das metas que devem ser atingidas, você consegue ter a clareza de que precisa para formular as ações a serem tomadas.

Isto é, todas essas diretrizes devem estar bem alinhadas, para que se possa fomentar as ações estratégicas corretamente.

Mantenha o foco no que é essencial, sem abrir mão dos detalhes.

Procure tornar as ações muito claras aos olhos de quem tiver que executá-las, sempre destacando o que deve ser cumprido em termos de resultado.

Atente-se para possíveis imprevistos, elaborando planos B ou C.

Esteja aberto para possíveis sugestões de seus funcionários, e crie ações que possam permitir correções ou adaptações ao longo do processo.

É claro que uma mudança poderá refletir em outras, mas elabore uma estrutura bem arquitetada para que o impacto seja o menor possível.

Portanto, as ações devem ser elaboradas com alinhamento entre os setores, e de maneira coerente com o planejamento previamente desenvolvido.

A regra é: crie rápido, avalie os resultados e corrija mais rápido ainda.

 

Defina um cronograma e execute o plano de Marketing Digital

Para definir o plano de marketing digital, é preciso estabelecer um cronograma de quando cada ação estratégica será colocada em prática.

É preciso mapear quando cada ação deverá ser iniciada, quem será o responsável por cada uma, e qual a duração de cada, permitindo medir os esforços e alinhar as ações mais facilmente.

Tudo isso colabora para o resultado final do plano de marketing digital, pois facilita o monitoramento e avaliação das ações, que permite identificar problemas, avaliar erros, e realizar as correções necessárias, gerando resultados mais positivos.

Ou seja, com essas informações, o plano de marketing digital estará mais encorpado, e passivo de uma avaliação muito mais precisa.

 

Monitore seu cliente

Monitorar o cliente depois da compra é fundamental.

Em um plano de marketing digital, é preciso estabelecer métodos para acompanhar a experiência dele com a sua empresa.

Para isso a opinião e percepção do cliente são fundamentais.

Isso direciona muito mais precisamente o seu processo de venda, possibilitando entender o que está agradando os clientes, e o que pode (e deve) ser melhorado em razão da insatisfação por alguns deles.

Essas informações são valiosíssimas, porque é com base na opinião dos clientes que as ações devem ser elaboradas, desenvolvidas, adaptadas ou mesmo refeitas.

Esse processo favorece ainda a fidelização dos clientes, pois faz com que eles se tornem importantes, e acabem por se sentirem valorizados.

Porém, muitos deles podem não ter interesse, ou mesmo tempo, para responder algumas perguntas ou deixar sua opinião.

Por isso, incentive-os.

Procure uma comunicação mais próxima, faça perguntas simples sempre que for possível, para possibilitar avaliar a qualidade e a direção dos seus esforços.

Colocar formulários online para preenchimento, garantindo uma recompensa (como um pequeno desconto, por exemplo) é algo que muitas empresas já aplicam em seus negócios.

 

Tenha estratégias de comunicação com os clientes

A comunicação no processo é parte muito importante de qualquer estratégia.

A grande maioria está pautada no primeiro contato do cliente.

Procure definir padrões de comunicação que estejam alinhados às estratégias pré-estabelecidas de marketing digital, consolidando processos mais coerentes – régua de relacionamento.

Ou seja: você deve saber as ações necessárias para atrair os potenciais clientes, e também para persuadi-los.

E a comunicação é tudo no processo de persuasão.

Para desenvolver uma comunicação efetiva, você deve se basear na estratégia como um todo, mas principalmente nas necessidades de seu cliente em cada etapa da jornada de compra – descoberta do problema, aprendizado, consideração de soluções até a tomada de decisão de compra.

Só dessa forma será possível entender o que seu negócio poderá fazer por cada um deles, como oferecer uma comunicação diferenciada, ou um material propício para educa-los, fazendo-os avançarem na jornada de compra.

Essas pessoas passam a confiar muito mais no seu negócio na medida em que conseguem auxílio (ou mesmo amparo) para o que precisam (necessidade) no momento certo.

Além disso, a fidelização de clientes passa a ser muito maior.

 

Tenha um plano de retenção de clientes

Falamos muito sobre a importância e como captar novos clientes, mas reter aqueles já conquistados é tão (ou mais) importante.

As estratégias de retenção de clientes possuem custo-benefício melhor, e possuem mais chances de sucesso do que a conquista de clientes partindo do zero.

Portanto, mantenha sempre contato com as pessoas que já fizeram negócio com você. Busque uma comunicação atraente, e com novidades.

Apresente soluções complementares às que eles adquiriram anteriormente.

Tenha sempre uma novidade para oferecê-los.

Procure ouvi-los, seja aberto, tenha canais de comunicação para isso.

Busque também engajá-los, atraindo opiniões que poderão ser levadas em consideração para futuras ações estratégicas.

O importante mesmo é fazer com que seus clientes se sintam à vontade a partir do dinamismo das novidades – para que eles possam interagir, questionar, e dar o próximo passo na jornada de compra.

 

 

Crie uma rede de parceiros para sua empresa

Na montagem do seu plano de marketing digital, considere fazer parcerias com outras empresas.

É uma arma a mais para conseguir novos clientes, ou aumentar a receita com os consumidores existentes. Com uma parceria, você poderá ter uma vantagem comercial.

Contar com um aliado é importante para aumentar o alcance de clientes pela sua empresa.

Faça pesquisas com empresas de soluções complementares às suas.

Pense no que os seus clientes compram antes, durante e depois de visitarem sua empresa. Identifique qual empresa possui maior potencial, e tem mais a ver com o seu negócio.

Só dessa forma será possível encontrar um bom parceiro de negócios, aumentando seu alcance.

É bom enfatizar que a parceria deve ser boa para ambos os lados, ou seja, deve ser uma parceria “ganha-ganha”, pois caso o negócio seja bom apenas para uma parte, não valerá a pena seguir com o acordo.

Para encontrar o parceiro ideal, além das pesquisas criteriosas, é vital conversar abertamente com as empresas, demonstrar o que você deseja e como eles poderão lhe ajudar, o ganho potencial da parceria, e de que maneira o acordo será benéfico para eles.

 

Revise constantemente as bases das suas estratégias de Marketing Digital

No seu plano de marketing digital, tudo o que for definido deverá ser monitorado e avaliado constantemente.

Mapear as tendências é fundamental, mas muitas delas vêm e vão, ou seja, existe um certo dinamismo, e muitas das preferências pelos consumidores podem mudar muito rapidamente.

Nesse caso, seu negócio deve estar preparado para fazer os ajustes necessários, e se adaptar às mudanças.

Preste sempre atenção em detalhes, revise-o com uma boa frequência e deixe tudo alinhado com a sua equipe, para que eles tomem conhecimento e possam ajudar a adaptar o processo o mais próximo possível da realidade.

Essa mecânica proporciona à sua empresa sempre estar por dentro da realidade do mercado, da experiência dos consumidores, e do quanto seu plano de marketing digital estará alinhado à essa realidade, possibilitando e direcionando ajustes críticos que farão seu negócio faturar mais.

 

Conclusão

Notou que o plano de marketing digital deverá ser integrado entre as diversas áreas do seu negócio?

Isto é, tudo o que for estudado deverá servir como instrumento de trabalho para que sua equipe possa desempenhar ações cada vez mais assertivas.

E isso vai desde as metas e objetivos do negócio (que envolvem os objetivos de cada um dos setores), até as tendências de necessidades pelo perfil de consumidor do negócio, que devem guiar as ações.

Ou seja: desse modo sua empresa saberá o que fazer, para quem fazer, porque fazer e como fazer.

Não devemos ignorar também os fatores externos, como os âmbitos econômico, político, cultural, demográfico, entendendo como eles influenciam nas atividades do seu negócio.

Um bom plano de marketing digital deve analisar também aspectos internos do mercado, como a concorrência, o segmento de atuação do negócio e os próprios recursos do seu negócio (financeiros, físicos, humanos estruturais, organizacionais e culturais).

A análise dos consumidores é peça chave no processo, pois é o que vai guiar a maneira como seus esforços serão direcionados.

Para isso, a criação da persona entra como a melhor opção, pois indicará facilmente as principais características dos consumidores e assim, como sua empresa deve atuar para persuadi-los.

É preciso entender que os esforços terão que ser direcionados não apenas para novos clientes, mas principalmente para os atuais.

Ou seja: deve-se investir fortemente em estratégias de retenção de clientes, como por exemplo, oferecer incremento daquilo que eles já compraram anteriormente.

Seu negócio deve estar sempre aberto a novas possibilidades, e as parcerias podem ser muito úteis para vantagens competitivas.

É preciso pesquisas, estudar e avaliar as possibilidades.

As estratégias de marketing digital devem ser criteriosamente planejadas.

Elas envolvem estabelecer os objetivos e cronogramas certos para as pessoas certas.

Tudo baseado nos estudos prévios de planejamento estratégico.

É fundamental entender que um plano de marketing digital deve ser acompanhado sempre, ajustando erros e problemas que aparecem pelo caminho.

O plano deve ser revisado constantemente, e avaliado cuidadosamente, para que se possa extrair informações ricas que indicarão mudanças e novas tendências a serem exploradas para futuras ações estratégicas.

 

 

E aí, gostou da dica?

Entendeu como criar seu plano de Marketing Digital e a importância de um para seu negócio?

Conte com a Next4 – Somos uma agência especializada em Estratégias de Marketing Digital com 15 anos de experiência e mais de 700 clientes atendidos. Temos uma equipe completa para a segurança da sua empresa e atendemos empresas de todo o Brasil.

Fale com um especialista!

estratégias de marketing digital, marketing digital, persona, plano de marketing, plano de marketing digital, plano de mkt digital 2020, retenção de clientes, sla