empreender banner

Como começar a empreender? 7 dicas essenciais

O sonho de abrir um negócio próprio habita o imaginário de muitas pessoas.

As razões são as mais diversas: desde a insatisfação profissional com o trabalho atual até o desejo de ganhar mais dinheiro, passando pela vontade de ter mais flexibilidade de horários para poder se dedicar mais à família.

Sejam quais forem os motivos, é preciso ter em mente que ser um empreendedor envolve uma série de riscos e que, portanto, é preciso realizar um planejamento minucioso de cada etapa do negócio para que o sonho não se transforme em pesadelo.

Neste conteúdo, vamos oferecer algumas dicas essenciais sobre como começar a empreender, mostrando os passos iniciais e os cuidados necessários para começar do zero, evitando erros de planejamento que podem inviabilizar a nova empresa antes mesmo dela começar.

O que é empreendedorismo? 

Empreendedorismo tem o sentido de executar, fazer acontecer, realizar, entre outros verbos de ação.

No que se refere ao mundo dos negócios, pode ser entendido como a disposição e a capacidade de identificar oportunidades quando a maioria das pessoas só vê problemas.

A partir daí, o empreendedor alia, em único pacote, a sua experiência e conhecimento pregresso, o desenvolvimento pessoal de habilidades técnicas e de competências comportamentais e o necessário investimento financeiro, para dar início a uma atividade econômica que traga impactos positivos para si e para a sociedade em geral.

Como começar a empreender? Quais são os passos essenciais?

empreender

São bastante comuns os casos de pessoas que dão os primeiros passos sem saber exatamente como começar a empreender.

Para quem está começando um negócio próprio, as dicas a seguir são fundamentais. Confira!

1. Avalie o mercado

Entender como funciona o mercado em que se pretende atuar é de extrema importância para o empreendedor iniciante.

Essa análise vai revelar as oportunidades existentes, bem como as ameaças que o ambiente externo pode trazer para o negócio.

Para realizar o estudo, faça pesquisas na internet, converse com clientes em potencial, troque experiências com outros empreendedores. E lembre-se de que entender como a concorrência trabalha também faz parte desse processo de empreender.

2. Conheça o público consumidor

Saber para quem vender seus produtos e serviços também faz parte da “lição de casa” do novo empreendedor.

É preciso entender quais são as necessidades e desejos desse público, bem como suas características, para que seja possível ao negócio atuar de forma totalmente voltada ao atendimento das expectativas dos clientes.

Esta é uma etapa fundamental no processo de planejamento de uma empresa. Afinal, o negócio somente se sustenta se houver pessoas interessadas naquilo que é oferecido e, que ao mesmo tempo, exista por parte delas a compreensão de que os produtos e serviços irão resolver seus problemas ou satisfazer seus sonhos de consumo. Saiba mais como criar a sua persona aqui.

3. Estabeleça os objetivos do empreendimento

Esta é uma pergunta chave que deve ser respondida ainda na fase de planejamento, e que está diretamente relacionada às análises de mercado e de público consumidor.

Além de jogar luz sobre as premissas iniciais do negócio, entendendo o seu grau de viabilidade, a compreensão dos objetivos da empresa é a base da elaboração da Missão, Visão e Valores, bem como de todo o planejamento estratégico.

Essas diretrizes são importantes, pois direcionam a gestão da futura empresa. Empreender requer atenção máxima aos detalhes de todas as verticais do negócio.

4. Defina quais são os produtos ou serviços oferecidos

Uma das maneiras de compreender o quanto seu produto ou serviço tem potencial para ser aceito e atender às necessidades dos clientes é utilizar o conceito de Produto Mínimo Viável (MVP).

Por meio dele, o empreendedor cria uma espécie de protótipo da solução que irá oferecer com base em todas as pesquisas de mercado e de público consumidor que realizou nas etapas anteriores.

O MVP é o ponto de partida para a realização de futuras melhorias, uma vez que ele terá suas características, recursos e funcionalidades testados na prática, aumentando as chances de alcançar os níveis de venda desejados.

5. Identifique o modelo de negócios mais adequado

O modelo de negócios pode ser entendido como a maneira como a empresa irá entregar valor aos clientes através de sua atuação no mercado.

De maneira geral, o modelo de negócios estabelece elementos como:

  • Proposta de valor do empreendimento.
  • Segmento de mercado.
  • Relação com os clientes.
  • Atividades-chave.
  • Canais de vendas.
  • Estrutura de custos.
  • Parcerias de negócios.
  • Recursos disponíveis para a condução dos negócios.

Por meio do modelo de negócios, o empreendedor consegue visualizar o funcionamento da empresa antes de iniciar as atividades, permitindo que eventuais problemas sejam detectados e corrigidos a tempo.

6. Invista em Marketing Digital

Tenha sempre em mente a máxima que diz que “quem não é visto não é lembrado”.

Por isso, investir no marketing da sua empresa, especialmente na internet, permite que a sua empresa seja apresentada ao mercado e torne-se conhecida das pessoas que buscam soluções como aquelas que o seu empreendimento oferece.

São diversos os canais online disponíveis. Vale à pena investir na criação de um site com as diversas informações institucionais da empresa e, se for o caso, com os recursos de comércio eletrônico.

Não se esqueça do blog! Produzir conteúdo de valor que aborde as dores, necessidades e desejos dos visitantes da página eletrônica eleva o grau de autoridade da empresa em relação ao mercado em que atua, e faz com que os visitantes venham a se tornar futuros clientes.

E, é claro, é preciso marcar presença com perfis estrategicamente construídos nas redes sociais, especialmente no Instagram, Facebook e Linkedin.

7. Capacite o gestor que existe em você

Em grande parte dos casos, o empreendedor possui bastante conhecimento técnico sobre o segmento em que pretende atuar, mas deixa a desejar no que se refere aos aspectos administrativos e financeiros do negócio.

É claro que não é necessário cursar uma faculdade de Administração para poder empreender. Mas é recomendável obter conhecimento sobre a área, em especial a respeito de controle financeiro, gestão administrativa, técnicas comerciais, logística e marketing, entre outros.

Para isso, a internet oferece muitas alternativas de cursos online que são capazes de preencher essas lacunas, desenvolvendo no empreendedor habilidades e competências que são importantes para o gerenciamento do seu negócio.

dicas empreender next4

Simples Agenda: software de gestão para quem está começando a empreender

São muitos os desafios a serem enfrentados pelo empreendedor que começa a dar os primeiros passos para colocar de pé um novo negócio.

Uma boa notícia é que, em alguns aspectos, a tecnologia pode ser uma importante aliada para quem busca entender como começar a empreender.

Como foi mencionado, a gestão administrativa e financeira pode ser o “Calcanhar de Aquiles” de alguns empreendedores mais familiarizados com as questões técnicas da sua atividade.

O Simples Agenda, parceiro da Next4, é um software de gestão empresarial que possui os mais importantes recursos necessários para manter em dia a administração e o controle das finanças da nova empresa.

Seus diversos módulos integram em um único sistema diferentes tarefas do dia a dia, como contas a pagar e a receber, fluxo de caixa, gerenciamento de estoque, emissão de boletos e notas fiscais, agenda online, entre outras funcionalidades.

Todas as informações são armazenadas em nuvem, o que garante a segurança e o sigilo dos dados.

Além disso, a ferramenta possui interface amigável e intuitiva, tornando a utilização do software bastante fácil, mesmo para quem não tem experiência no gerenciamento de empresas.

Ficou interessado?! Então, solicite agora mesmo um teste grátis de 35 dias sem compromisso e sem a necessidade de informar os dados do cartão de crédito.

Você vai ver que dar os primeiros passos com o seu novo empreendimento é bem mais simples e produtivo com o sistema de gestão do Simples Agenda!

empreendedorismo, empreender, marketing digital, software de gestão

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *