Chatbots: Saiba tudo sobre essa plataforma

Chatbots são dispositivos tecnológicos indispensáveis para quem trabalha com o mercado digital. Por isso, essa tecnologia tem ganhado cada vez mais espaço no mundo corporativo, uma vez que atua diretamente no relacionamento entre marca e consumidor.

Diferente do atendimento tradicional, os chatbots estão alinhados a disponibilidade de comunicação com o tempo de resposta imediato.

Dessa forma, tornou-se a ferramenta ideal para as empresas que desejam proporcionar um atendimento personalizado ao cliente, otimizar os processos, melhorar o relacionamento com leads e consumidores e minimizar a interferência humana.

Continue lendo para aprender o que são os chatbots, como eles funcionam e o que são capazes de fazer. Boa leitura!

Afinal, o que são chatbots?

Quando falamos sobre chatbots, podemos relacionar essa plataforma com a Siri, da Apple. Ela tem muitas utilidades, como ligar para um contato da sua agenda, fazer pesquisas na internet e até programar alarmes diários. Entretanto, não é possível ensinar nada para ela.

Nesse sentido, os chatbots seguem a mesma linha de raciocínio: são softwares de comunicação programados que auxiliam no tráfego de leads, em tarefas que exigem perguntas e respostas instantâneas, ou seja, no atendimento ao cliente.

A ideia é simular uma conversa humana, e nada além disso. Dessa forma, é possível otimizar tarefas seguindo as placas de sinalização do gestor, gerenciar processos com mais precisão e promover ações de melhoria no relacionamento com o cliente.

Como os chatbots funcionam?

Os chatbots são divididos por meio de duas regras, sendo que elas podem trabalhar juntas e proporcionar mais agilidade ao processo. Veja:

Regras para a cada nova interação no bate-papo ele tenha uma resposta já programada na plataforma;
Regras baseadas na inteligência artificial, na qual a conversa flui por padrões e tendências estabelecidos.

Para o consumidor, principalmente, esse dispositivo é muito vantajoso. Os chatbots, por sua vez, integrarão respostas mais rápidas e efetivas, podendo, muitas vezes, substituir o atendimento humano e a necessidade de um aplicativo de informação.


Para que servem os chatbots?

Com os consumidores cada vez mais exigentes, as empresas precisam investir em dispositivos interativos, comunicação com o cliente e no processo de vendas.

Por isso, vamos apresentar a seguir 5 exemplos que vão contribuir para a compreensão das aplicações dos chatbots. Acompanhe!

1. Novas oportunidades de relacionamento

Não resta dúvida que os chatbots ampliam o alcance da comunicação com o público-alvo. Inclusive, muitas organizações utilizam essa tecnologia para gerar mais leads e transmitir a mensagem certa no momento ideal.

Com esse recurso, é possível oferecer um atendimento personalizado, baseado nas últimas interações dos usuários, fazendo com que ele se sinta mais confortável em relação a sua marca.

2. Otimização do atendimento ao cliente

Quando o cliente demonstra interesse em compra, ele tende a realizar inúmeras perguntas, principalmente se tratando de e-commerces. Veja alguns exemplos:

Quais as formas de pagamento?
Qual é o valor do frete?
Quanto tempo para entregar?
Posso realizar a troca do produto?
Por que preciso colocar meu cpf para comprar uma placa de circuito impresso dupla face, por exemplo?

Dessa forma, é possível otimizar o atendimento ao cliente, uma vez que os chatbots trabalham com padrões de perguntas estabelecidos.

3. Compartilhamento de informações em equipe

Não pense que essa tecnologia se limita apenas a comunicação interna. É possível utilizar esse recurso para manter o relacionamento com os colaboradores e compartilhar informações entre equipes.

Assim, você consegue repassar dados, informações e resultados importantes de maneira ágil e seguindo a etiqueta de segurança, o que acaba otimizando as atividades de gestão, além de proporcionar mais tempo para executar outras atividades do negócio.

4. Mantém o relacionamento com clientes e leads

Como mencionamos anteriormente, os chatbots utilizam padrões de perguntas dos usuários e, assim, desenvolvem uma resposta mais efetiva.

Com isso, você pode usar essas informações para direcionar as suas ações de marketing de conteúdo. Afinal, com base nas necessidades dos usuários, o bot pode sugerir conteúdos que interessem o seu público-alvo.

Quando você oferece conteúdo relevante, o usuário passa a confiar na sua marca e nas soluções apresentadas por você.

Por fim, os chatbots ainda vão evoluir (e muito) e proporcionar inovações para a comunicação do seu negócio. E você, está preparado para investir nessa ferramenta?

Esse‌ ‌artigo‌ ‌foi‌ ‌escrito‌ ‌por‌ ‌Beatriz‌ ‌Barros,‌ ‌Criadora‌ ‌de‌ ‌Conteúdo‌ ‌do‌ ‌‌Soluções‌ ‌Industriais‌.‌

atendimento automático, atendimento chat, atendimento instantâneo, bots de atendimento, Chatbots, Chatbots AI

Comentários (2)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *