Vendas ficam mais fáceis com estratégias digitais.

Quer atingir os melhores resultados?

LinkedIn: Como ferramenta para alavancar as vendas

LinkedIn: Como ferramenta para alavancar as vendas

O LinkedIn é a maior rede social voltada para profissionais e empresas no mundo. Os números apontam para 500 milhões de usuários e no Brasil, são cerca de 29 milhões de contas ativas. Esses dados reforçam quanto a ferramenta pode representar para as vendas dentro do Marketing Digital.

Porém, como qualquer outro recurso, o LinkedIn só vai apresentar resultados positivos se você souber como utilizá-lo corretamente, não é mesmo? Pensando na importância dessa rede a seguir confira boas práticas para começar a vender e também a otimizar suas vendas a partir do LinkedIn. Boa leitura!

Como anunciar no LinkedIn

Antes de anunciar na rede social LinkedIn é muito importante que você tenha em mente que o público-alvo, não importando ele qual seja, está cada dia mais exigente e informado.

Por isso, não basta apenas vender. É necessário ser também consultivo. Ou seja, auxiliar e educar cada um dos potenciais consumidores em relação as suas dores e necessidades antes de ter o resultado desejado.

Sendo assim, qualquer que seja o conteúdo a ser trabalhado nas redes sociais ele precisa ser completo e de alta qualidade de maneira que possa afetar positivamente os usuários sanando suas dúvidas e servindo de base para que eles tomem uma futura decisão de compra.

Vender no LinkedIn

A primeira dica para quem deseja vender no LinkedIn é criar uma página corporativa na rede. É tudo muito simples! Se você ainda não fez a sua, aproveite para criar agora mesmo!

Para anunciar na rede social em questão você deve acessar o LinkedIn Ads.  Depois, basta seguir os três passos apontados logo abaixo:

  • Acesse ao LinkedIn Ads e procure pela opção Gerenciar Anúncios (ou algo semelhante). Dê um clique sobre a opção. Ao fazer isso você será redirecionado para uma nova página.
  • Na segunda etapa você deve criar o seu anúncio. Não é preciso se preocupar com nada. O Linkedin oferece uma série de informações de forma que tudo fica muito didático, mesmo se for a sua primeira vez dentro do recurso.
  • A etapa 3 é aquela em que você deve empregar um pouco mais de atenção. Na realidade, é ela que justifica o porquê você deve optar pelo Linkedin para alcançar o público desejado. Depois de criar seu anúncio é o momento de segmentá-lo. Essa segmentação pode ser por gênero, idade, região e comportamentos.

Se você acessou o link como indicado e já realizou os passos 1 e 2, você encontrará uma página com diversas opções. Observe que de acordo com o que vai criando sua segmentação o número de potenciais pessoas que serão atingidas será exibido.

Tipos de anúncios

Vale observar que o LinkedIn oferece a possibilidade de que sejam feitos três tipos de anúncios. Cada um tem suas particularidades e são indicados para determinadas situações. Veja quais são eles e saiba qual o melhor para suas estratégias digitais:

  • Sponsored Content:Esse tipo de anúncio aparece diretamente no feed ou na timeline do usuário. É interessante ressaltar que eles geram mais fluxo de engajamento, o que é ótimo para as vendas. Porém, para criar um anúncio desses é preciso que você tenha uma página corporativa.
  • Sponsored Mail: Nesse caso, o que se tem são mensagens patrocinadas. Isso quer dizer que elas vão parar direto na caixa de mensagens dos usuários. É como se fosse um e-mail, mas dentro da rede social.
  • Text Ads: Esses são os populares anúncios que aparecem na parte superior do Linkedin ou na barra lateral. Não é necessário ter uma página corporativa para poder criar campanhas de anúncios em TextAds. Os custos são relativos à impressão ou clique.

Até aqui você acompanhou quais são as principais funcionalidades do LinkedIn para pessoas e empresas que pretendem impulsionar suas vendas.

3 dicas para suas estratégias digitais no LinkedIn

Como apontado logo no início, qualquer que seja a rede social é necessário tomar alguns cuidados para que tudo ocorra como planejado. A seguir, selecionamos algumas dicas práticas para você começar certo. Confira!

1.    Tenha um perfil corporativo

Ao criar um perfil corporativo você terá um espaço voltado unicamente para o seu negócio. Além de divulgar seu produto ou serviço você também poderá disponibilizar conteúdos que ajudem seus potenciais consumidores melhorando sua venda consultiva. Vale lembrar que é até possível anunciar oportunidades de emprego que esteja oferecendo neste ambiente, certo?

2.    Grupos específicos

No LinkedIn, podemos fazer parte de grupos bem segmentados e específicos. Por exemplo, o setor imobiliário, marketing digital, mercado financeiro entre outros.

Ao fazer parte dessas comunidades você, e por consequência sua empresa, poderão estar atualizados sobre novidades do setor, o que pensam os profissionais da área, trocar experiências e eventualmente, encontrar soluções para problemas pontuais.

3.    Credibilidade

O LinkedIn é uma rede de profissionais e empresas, sendo assim é o lugar perfeito para sua empresa se apresentar. Por isso, é fundamental que tudo que você fizer, das publicações aos anúncios, seja feito com extremo profissionalismo.

Dessa forma, os usuários que acessarem o perfil de sua empresa perceberão o quanto ele é de confiança, fator importante já que é assim que conquistamos a credibilidade dos potenciais clientes e parceiros.

Impacto do LinkedIn nas vendas

É fato que as redes sociais mudaram a forma como as pessoas e as marcas interagem. Agora, é possível acompanhar todas as novidades, qualquer lançamento e ter acesso a informações exclusivas de modo muito mais rápido e simples.

Por outro lado, também ficou mais fácil para que aquele consumidor que não se sentiu satisfeito possa demonstrar sua insatisfação.

É muito importante que as empresas estejam constantemente preocupadas com sua presença nas redes sociais. Afinal, estamos falando de um estreitamento das relações, da solidificação da presença digital e claro, do acesso a ferramentas e recursos que nos permitirão aumentar as vendas e consequentemente receitas.

O LinkedIn, assim como qualquer outra rede social, pode e deve ser usado para otimizar o processo de venda, o contato com os clientes e acima de tudo, saber deles o que realmente precisam a fim de melhor atendê-los.

A dica fica por conta do cuidado. Fazer uma coisa de cada vez e analisar os resultados é fundamental para que todas as apostas tragam resultados positivos.

Por fim, nada melhor do que procurar ajuda profissional para receber as primeiras orientações sobre como começar. Muitas vezes, as empresas não têm resultados com as redes sociais porque começaram do jeito errado. Tudo precisa ser feito e estruturado de forma consciente e planejada, não há espaço para amadorismo!

A Next4 é especialista no desenvolvimento das melhores estratégias digitais para mídias e redes sociais. Aproveite para falar com um dos profissionais de Marketing Digital da agência, tire suas dúvidas e ponha sua estratégia em prática já!

 

 

Fale com a agencia Next4
Lêda Paiva

Formada em Marketing, pela Universidade Anhembi Morumbi. Certificada em Marketing de conteúdo e estratégias em redes sociais; Marketing | STARTER - Agência de Resultado, pela RD Station; Customer Success | STARTER, pela RD Station;Produção de Conteúdo Web, pela Universidade Rock Content.