Vendas ficam mais fáceis com estratégias digitais.

Quer atingir os melhores resultados?

LOJA VIRTUAL: SAIBA O QUE FAZER PARA COMEÇAR DA FORMA CORRETA NO SEGMENTO!

A loja virtual veio para ficar, pois o meio virtual expandiu de forma irreversível os mercados para a venda dos mais variados produtos, bem como para a prestação de serviço.

É inquestionável a capacidade que a internet tem em reunir pessoas no mundo inteiro. Segundo pesquisa atualizada em 2015, 3.2 bilhões de indivíduos estão conectados, seja por meio de computadores, tablets ou smartphones.

Por isso, pode-se dizer que por não exigir um espaço físico para as transações, as lojas virtuais demandam menos investimentos do que um estabelecimento tradicional e, portanto, são bastante democráticas. No entanto, apesar dessa prática existir desde a metade dos anos 1990, muitos empreendedores ainda apresentam dúvidas sobre como iniciar o seu negócio online.

As etapas para montar o seu e-commerce

Tendo em vista que o segmento que faturou R$ 35,8 bilhões em 2014, é natural que mais pessoas queriam estabelecer o seu e-commerce. O processo de abertura de uma loja virtual envolve várias etapas. É necessário que se faça uma avaliação prévia de mercado, que permitirá que o empresário aproveite todo o potencial do setor. Para tanto, é fundamental que os responsáveis pelo comércio percebam que o espaço virtual é altamente competitivo. Uma das recomendações é que se encontre o chamado nicho de mercado para assim entender as demandas e características dos seus consumidores em potencial.

Após pesquisar o mercado, o primeiro passo prático é escolher uma boa plataforma para montar a loja virtual, sistema central que irá determinar o funcionamento do e-commerce. Aventurar-se no comércio online significa também conhecer os concorrentes, porque só dessa maneira é possível se destacar. O novo empresário deve oferecer sempre um diferencial para o seus clientes, tanto nos artigos à venda quanto no atendimento. Afinal, quem compra pela internet exige praticidade e rapidez nas transações.

Outro aspecto importante é conhecer as estrategias digitais que mais convertem para o seus produtos. Isto é, saber os hábitos do seu público-alvo e adaptar o conteúdo online para que mensagem chegue às pessoas certas. Conforme a faixa-etária, o gênero e a classe social dos consumidores, entre outros fatores, a linguagem do marketing realizado pela marca tem de adequar. Especialmente no princípio, qualquer investimento deve ser bem pensado, para que não se gaste com campanhas em redes sociais que não são muito utilizadas pelo público-alvo, por exemplo.

Por fim, o procedimento de compra da mercadoria tem de ser o mais claro e simples possível, para que o cliente não se sinta desestimulado. Sendo assim, a recomendação é que o vendedor escolha uma agência especializada para criar a plataforma e as estrategias digitais ao invés de tentar fazer tudo sozinho. A companhia contratada saberá como desenvolver uma página mais atraente, o que aumenta muito a chance de sucesso da sua loja virtual e poderá ainda administrar a divulgação do seu negócio nas diferentes mídias sociais disponíveis.

Além disso, ela irá auxiliar no emprego das fontes de tráfego que tornarão o seu e-commerce rentável, entre os quais estão o Google AdWords e o e-mail marketing.

Fale com um especialista e tire todas as suas dúvidas aqui. Estamos a disposição para mais informações!

Fale com a agencia Next4
Rodrigo Ferré

*Formado em Comunicação Social - Publicidade e Propaganda pela Unilago. + Certificado em Marketing Digital pela RD Station, Certificado em Google AdWords Sales Representative + Sales certification (Certificação Google Adwords) + Certificado em CRM pela Moskit CRM + Vendedor de Alta Performance pela Insight Company + Certificado de participação do RD Summit 2015 e 2016. Atua a mais de 10 anos proporcionando vendas para clientes com estratégias de marketing digital.