Vendas ficam mais fáceis com estratégias digitais.

Quer atingir os melhores resultados?

7 ERROS COMUNS NA CRIAÇÃO DE LOJA VIRTUAL

Começar uma loja virtual pode ser um ótimo investimento. Independente de seu objetivo ou do ramo de atuação de sua loja virtual, é necessário um mínimo de investimento e conhecimento para que ela seja bem-sucedida.

Assim, vamos apontar aqui os sete terríveis erros que você pode estar cometendo na criação de sua loja virtual, na esperança que você não os cometa e que seu investimento seja um verdadeiro sucesso.

1. Não reservar verba para publicidade: para que as pessoas comprem de sua loja, é necessário primeiro que elas a conheçam. Por isso, é necessário investir em publicidade. O ponto positivo aqui é que a web possibilita o alcance de um grande número de pessoas com uma verba relativamente pequena.

2. Não saber em quais canais anunciar: a web é um território vasto, e certamente seu público estará em alguns lugares e em outros não. Por isso, é necessário escolher aqueles canais em que seu público está. Por exemplo, não adianta fazer publicidade para pessoas mais velhas no Snapchat, que possui um público majoritariamente jovem.

3. Não ter uma agência com experiência no setor: hoje em dia, existem agências de publicidade especializadas em comércio digital ou mesmo atuantes especificamente neste setor. Na internet, conhecimento e expertise contam muito. Além disso, uma agência especializada saberá determinar com precisão os dois itens acima, lhe poupando eventuais perdas de dinheiro que investimento em publicidade equivocada poderia gerar.

4. Não ter fornecedores competitivos: tirando o fato de não ter um espaço físico, uma loja virtual é extremamente similar a uma loja regular, o que significa que a prática de preços competitivos é uma obrigação se quiser obter sucesso. E a melhor maneira de se praticar preços competitivos para micro e pequenas empresas é através de fornecedores com preços competitivos, já que a compra em larga escala é impraticável.

5. Não ter uma plataforma adequada: possuir uma loja online não significa necessariamente que seu negócio estará em todos os lugares. É necessário que o site de sua loja seja responsivo, ou seja, que os internautas consigam visualizá-lo de dispositivos móveis (tablets e smartphones) com a mesma qualidade da visualização em computadores e notebooks, isto é, é necessário que a plataforma de sua loja virtual seja pensada para todos os tipos de dispositivos com acesso a internet. Além, é claro, de ser visualmente agradável, organizada e funcional.

6. Não incluir as políticas da loja: o consumidor tem autonomia e seus direitos, é necessário ter isso sempre em mente. Assim, é necessário que no site de sua loja virtual haja as políticas de sua loja, incluindo prazos e procedimentos para devolução da compra ou troca de produto.

7. Não levar em conta a experiência de compra do internauta: em maior ou menor medida, todos os pontos elencados até aqui fazem parte da experiência de compra do usuário. Um site com visual agradável e layout harmonioso, no qual o cliente pode pesquisar e encontrar produtos e/ou serviços com qualidade, que ofereça opções de pagamento variadas e, principalmente, que deixe claro quais os direitos e obrigações do consumidor pós-compra com certeza aumentará as chances de o internauta comprar seus produtos ou, no caso de já se tratar de um cliente, que ele seja fidelizado.

Fale com um especialista e tire todas as suas dúvidas aqui. Estamos a disposição para mais informações!

Fale com a agencia Next4
Rodrigo Ferré

*Formado em Comunicação Social - Publicidade e Propaganda pela Unilago. + Certificado em Marketing Digital pela RD Station, Certificado em Google AdWords Sales Representative + Sales certification (Certificação Google Adwords) + Certificado em CRM pela Moskit CRM + Vendedor de Alta Performance pela Insight Company + Certificado de participação do RD Summit 2015 e 2016. Atua a mais de 10 anos proporcionando vendas para clientes com estratégias de marketing digital.